sábado, 12 de março de 2011

Quem diria?

Eu julgo antes de conhecer. Eu te olho, presto atenção em meia duzia de palavras que você diz e decido que te odeio. É simples, é assim. Mas, às vezes, eu me engano. Como quando da vez que vi aquela menina naquele show e desgostei. Sem motivos, só desgostei. Tive que aceitar, assim como aceito tomar suco no café da manhã em vez de Coca-Cola. Evitei conversa, não quis contato, fui contra. Até que a encontrei novamente. Continuei firme e forte na minha ideia de que insuportável era a palavra que a descrevesse melhor. Até que eu sorri de leve com aquela minha simpatia antipática e, por algum motivo de força maior, ela sorriu também. Quem diria que hoje meus dias mais incríveis são com ela? Quem diria que de uma repulsa tão grande, eu teria uma amiga? Quem diria que eu me sentaria numa praça de alimentação de um shopping lotado e almoçaria com ela, justo hoje, justo no dia do seu aniversário? Quem diria que ela iria me querer ali? Eu não. 

14 comentários:

  1. Own,me vi no seu post!Sou assim também,jugo antes de conhecer,mas em alguns casos,sou errada e acabo descobrindo meu erro e fazendo amizades muito mas muito boas *-*

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. "Mas, às vezes, eu me engano."

    E todo mundo se engana.

    Menina, você escreve MUITO bem! :D
    Gostei de verdaade

    www.fleu-du-matin.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Bom, eu tenho a experiência de quase sempre estar certa com relação às pessoas. Na verdade, só houve uma vez em que eu me enganei sobre alguém. Só que foi uma situação inversa a sua, eu vi uma imagem tão diferente da realidade, fiquei tão amiga, tão próxima que no momento em que tirei a venda me machuquei de verdade.

    ResponderExcluir
  4. Quem diria, hein? Pois é, a gente sempre acha que tá certo em relação a alguém antes de conhecer e com o tempo, acabamos conhecendo e percebendo o quanto estavamos errado. Sei lá, pode ser a força do destino, unindo-nos a quem odiavamos. (:


    ah, continuarei logo mais. preciso de um momento legal hehe
    e sim, com certeza vou querer um livro seu *-*
    :*

    ResponderExcluir
  5. gostei do texto!
    tem selo pra vc no meu blog *-*
    http://sentimentopoetico.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. adorei o post! me identifiquei muito com ele! hahahahah eu odiava uma menina tb q hj é uma das minhas amigas mais preciosas *-* Parabéns pelo post e para a sua amiga! Bjinhos ;*

    ResponderExcluir
  7. Parece que já vivi exatamente a mesma coisa.

    ResponderExcluir
  8. Quem diria que eu falaria com você sem ser por aqui? eu não. As coisas são assim, acontecem que a gente nem se dá conta. Mas que bom que se tornam reais, querendo ou não. Saudades de você, menina de outra d eestado.
    ps: eu tbm julgo :S e quase nunca erro.

    ResponderExcluir
  9. Ahhauahuahuahuah isso aconteceu várias vezes comigo...eu tbm julgo antes de conhecer a pessoa...principalmente se ela tem opiniões divergentes da minha..rs..rs..rs

    Amei seu post...parabéns pelo aniversário de sua amiga!

    Beijos...

    ResponderExcluir
  10. Só para avisar... tô te seguindo.

    ResponderExcluir
  11. A vida é mesmo uma caixa de surpresas, nossas ideias e conclusões estão a todo momento sofrendo mudanças e até mesmo drásticas, mas com consequencias muito boas como esta sua... você se deu a oportunidade de construir uma história ao lado de alguém que com o passar do tempo se tornou uma verdadeira amiga. Isso é muito bom de se ver.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Estou seguindo por causa desse texto :]

    Belo texto!

    Beijoca *:

    ResponderExcluir
  13. awn <3 fofinho
    sei lá, acho que amizades começam assim. não todas, claro, mas tem algumas que começam da antipatia.

    saudades dos seus textos hihi.

    se cuida :*

    ResponderExcluir

Critique, elogie, argumente. Mas seja criativo, hen.