quinta-feira, 27 de setembro de 2012

A chuva


Fechou os olhos desejando que o mundo sentisse sua tristeza, que começasse a chover. A água poderia preencher o lugar onde agora estava seu coração e, quando o frio chegasse, congelaria. Um coração de gelo. Fria. Sólida. Não se importaria de ser assim. Aí não sentiria mais essa vontade de um abraço inesperado no meio da noite, uma mão amiga para caminhar na rua. Seria bem melhor. Poderia chover agora?

Um comentário:

  1. Bem que poderia, não é? Lembrei um pouco de mim lendo esse texto...
    :*

    ResponderExcluir

Critique, elogie, argumente. Mas seja criativo, hen.